El Bolsón de sabor orgânico e artesanal

⦾≈ El Bolsón is one of these cities with its own taste. This, thanks to the good soil, the bold organic cultivation and the artisan production of food. Hops, wheat, walnuts, vegetables and all the kinds of berries you can imagine. Murras and cherries one can eat up walking through the pueblo, by the streets. Factor that makes the city have, in parts, a self-sufficient economy. And the hands that kneads what’s produced here knows that the natural savor is the delicious flavor, so we were invited to taste homemade cooks from some places in town.


El Bolsón é dessas cidadezinhas de gosto próprio. Isso, graças à terra boa deste lugar, ao arrojado cultivo orgânico e à produção artesanal de alimentos. Regalo e fartura. Lúpulo, trigo, morangos, nozes, hortaliças e framboesas. Murras e cerejas que você come até caminhando por el pueblo, por entre as ruas.

Fator que faz a cidade ter, em partes, uma economia autosuficiente. Até no incentivo e discurso de defesa. Sabem que o gosto natural é o gosto gostoso. Igual a mão que amassa o feito aqui. Assim que, muevan las industrias. Por motivos de blogueiras, ganhamos invitaciones para provar gostosuras hecha en casa de alguns lugares da cidade.

artesanal5

Almacen de Panes

Uma casa simples e charmosa, numa galeria no centro da cidade. Lliana y Sebastián formam um casal dedicados à maestria da farinha. Ele é responsável pela produção artesanal dos pães e ela dos bolos e tortas. Ele pela experiência de viajar muito e trabalhar em restaurantes e hotéis, ela pelo mesmo e porque Sebastián a ensina.

Bom, o apreço pela boa comida e qualidade de vida os trouxeram para El Bolsón e aqui decidiram aplicar a artesanal arte da panificação com o Almacen de Panes. Por isso, além do trabalho manual, utilizam farinhas de pequenos produtores dos moinhos locais de ovos caipiras.

Levamos para casa um pan de campo, que mescla diversas farinhas, entre branca e integral. Pães de cebola e tomate seco, scons, uma tortinha de amêndoas e cereja e biscoito de aveia. Dispensa delas cheia por uma semana.

artesanal1-copy

artesanal-7

artesanal4-copy

Alegria Pasteleria

Fomos recebidos pela Zaira e pela Laura. Elas também são de fora e já viajaram muito, mas escolheram El Bolsón como um bom lugar para viver bem. Juntas levam o Alegria Pasteleria (confeitaria em português) com menús ricos e, como o nome anuncia, tortas, bolos, doces e café.

Foi onde provamos aquela comida despreocupadamente elaborada. O buen gusto do simples. Pedimos um prato de milanesas de beringela com arroz integral e um ravioli de espinafre e mussarela com oliva e parmesão. Ambos com sabor à casa. Disseram a nosotros que, muito do que se produz ali, vem de hortas dos vizinhos.

artesanal-38

Chaki Chai e Dr. Brauni

Descubrimos tarde que estávamos hospedados ao lado da chácara onde vive Vanessa e Daro, a dona dos blends dos chás Chaki Chai e ele dos brownies do Dr. Brauni. Novamente esses que migraram para a cidade em busca de qualidade de vida, principalmente porque carreguem um filho de dois anos.

Passamos uma tarde em conjunto e conseguimos vê-la produzindo; a colocar cascas de limão para secar ao sol,  a triturar especiarias – com o pilão que era da avó – e juntá-las em combinações deliciosas. Fizemos marmitas de braunis e provamos o Chaki África (chá preto, coco em escamas y chocolate) ganhamos bolsitas do Chai e Delícia (menta, coco e chocolate).

brauni

artesanal2-copy

artesanal-19

Jauja

Se tem uma coisa que argentino faz muito bem, além de doce de leite, é sorvete. A Jauja é uma gelateria artesanal exemplo. Bastante conhecida na Patagônia argentina, dedicam-se à gastronomia desde os anos 80 e possuem sucursais em diversos pueblos da região. No entanto, foi en El Bolsón o nascimento.

Não conseguimos ver a produção dos helados, mas conseguimos ser porca vaca pelo sinal verde para provar tudo que quiséssemos. Deixamos aqui um sabor eternizado em nossas mentes, figo com nozes. Agora, chocolate e doce de leite são sabores indispensáveis.

artesanal3-copy

Flypapi 

Essa é a marca de roupas do Simón Mas, amigo que nos hospedou. A Flypapi configura desenhos feito pelo Simón e produção de tecelãs locais. São peças em lã tingidas e tecidas à mão que expressam o voo criativo e as cores unidas de El Bolsón. Cheguei a fazer algumas fotos para ele e deixo algumas aqui a ilustrar a publicação e mostrar as roupas da amiga.

flypapi-copy

flypapi-12

Cerveja (faixa bônus)

O cultivo de lúpulo e consequentemente a produção artesanal de cerveja, são características encorpadas de El Bolsón. São diversas as chácaras dedicadas a isso e também as cervejarias pela cidade. Fomos ao Patio Cervecero e o que veio de novo e que merece ser lembrado de lá é a cerveja negra defumada.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s