Los Lagos: entre Puerto Varas e Frutillar

⦾≈ In Puerto Varas, the volcanoes Osorno and Calbuco float on the lake and through the sky. La Iglesia Sagrado Corazón de Jesús is the biggest icon of the German architecture and Barrio Patrimonial houses sprawls the charm of the germanic heritage. But the natural beauties make this place a magical corner: the Llanquihue lake, volcanoes, Todos los Santos lake, Petrohué waterfalls and the Vicente Pérez Rosales National Park. Frutillar, 25 km from Puerto Varas, also deserves to be seen, take a walk on the lakeshore and see the volcano rest on the horizon or to delight yourself with a delicious kuchen.


Aqui os vulcões Osorno e Calbuco flutuam sobre o lago e por entre o céu. Nesse panorama a chuva é quase absoluta, mas é primavera e a zona austral já começa a apresentar o seu sol noturno. É larga a luz do dia; numa extensão que parece não ter fim, assim como as águas do Llanquihue. Isso tudo, majestosidades antes indígenas.

Hoje, a arquitetura alemã e o plano do governo denunciam a colonização do final do século XIX. Donde están los mapuches-huilliches? No más. El Estado chileno nega su existencia. A pele branca, os olhos azuis, o kuchen. A cerveja, a propriedade, os bens. A história.

puertovaras-21

puertovaras-51

puertovaras-52

puertovaras-44

puertovaras-4

Chegamos em Puerto Varas e a sensação imediata foi a de ter aportado em Blumenau. Eduardo, bicha catarinense de Corupá, nunca se sentiu tão em casa. Poderia ser isso mesmo. Los Ríos, a Santa Catarina do Chile.

La Iglesia Sagrado Corazón de Jesús é o ícone maior da arquitetura alemã. De estilo romântico e barroco, faz referências as igrejas de Baden-Wurtemberg. Ademais, a cidade conserva um Barrio Patrimonial que esparrama charme conveniente das casas dos colonos deutsche, consideradas monumentos históricos.

puertovaras-35

puertovaras-26

puertovarascasa2

As belezas naturais, que não tem nada a ver com alemães, é o que faz de Puerto Varas um lugar de sortilégios. O lago Llanquihue contorna o espaço e no horizonte descansam os vulcões. Ao redor pontuam campos, praias e lagos verdes  que seguem desenhando a vista.

Saindo da cidade, a cerca de 76 Km, está Petrohué, com um rio de mesmo nome e de cor azul celeste. No mesmo povoado está o Lago Todos los Santos e o Parque Nacional Vicente Pérez Rosales. Não vale muito a pena entrar no parque por essa rota só para ver os saltos, mas pelo lado que leva ao vulcão Osorno, sim.

puertovaras-37

puertovaras-36

puertovaras-304

puertovaras-30fdfdcccc

puertovaras-66

Outra graça de Puerto Varas é Frutillar, um povoado e balneário a 25 Km, também fundado por colono alemães. Ali também está o lago Llanquihue e o Vulcão Osorno, porém com uma vista mais limpa e cercana. O cais, o Teatro del Lago, festivais de música clássica e inúmeros cafés com kuchen (nossa cuca) atraem igual.

Puerto Varas tem belezas e um potencial em relevo. Isso em qualquer parte do ano. Nós estivemos durante a primavera. Calor, flores, praias, cores. Por outro lado, durante o outono e inverno, o cenário cambia para os brancos cristais de gelo para receber os que buscam neve e os esportes vinculados.

Anúncios

3 comentários sobre “Los Lagos: entre Puerto Varas e Frutillar

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s