Valparaíso: porto de grafites parte 1

⦾≈ The most interesting thing of Valparaiso is that the city itself is, by accident, a museum. Thanks to the combination of a picturesque architecture, hills, staircases and street art that turn it into a maze. There are so many graffiti here that every walk in the street is a new amazing discovery. So we decided to make a special publication just to showcase the work we love. If you ever come to Valparaiso and love street art, you’ve got to know that Cerro Alegre, Cerro Concepción, Cerro Bellavista, Cerro Polanco, Barrio Puerto, Cerro Carcel and Cerro Lecheros are the main neighborhoods for it.


A coisa mais interessante de Valparaíso é que a cidade em si é um museu do acaso. Isso graças a combinação da arquitetura pitoresca (patrimônio cultural da humanidade pela UNESCO), os morros e escadarias que a transformam em um labirinto e claro, os muros e paredes, que fazem da pequena urbe um expoente máximo dos grafites e da arte de rua, em geral.

Processed with VSCO with hb2 preset

Processed with VSCO with hb2 preset

Processed with VSCO with hb2 preset

São tantos, mas tantos grafites que a cada saída de casa é um descobrimento surpreendente. Você faz o caminho de sempre e dia após dia repara intervenções antes não vistas. Ou sai mesmo em busca desses tantos murais que colorem o caos poético, o caos brutal. Nós, diante do casual ou da procura, fotografamos os grafites que mais gostamos e decidimos publicá-los em duas partes, já que são muitos.

Por respeito aos artistas, nossa intenção era sinalizar cada foto com o nome do respectivo autor, mas é isso impossível. Muitos dos grafites não possuem assinaturas e alguns até difícil de codificar. Sabemos que entre os principais artistas chilenos com obras em Valpo estão INTI, Caos, Painters, Dasic Fernández,  Cekis, del neoyorkino Cern e os coletivos Un Kolor Distinto, 056 Crew, HA Crew e PK Crew. Aí aquela lista de artistas de várias partes do mundo.

valpografiti3

Processed with VSCO with hb2 preset

Processed with VSCO with hb2 preset

Processed with VSCO with hb2 preset

A cidade toda é cheia de intervenções, grafites, pixos, lambes e stickers. Valparaíso até carrega uma estética suja e pesada por causa disso. É incrível. Mas, os bairros onde se concentram o maior número de murais são Cerro Concepción, Cerro Alegre, Cerro Bellavista, Barrio Puerto, Cerro Polanco, Cerro Cárcel e Cerro Lecheros.

Para os servos fiéis dos tours, o Valpo Street Art é uma opção legal, já que o passeio é guiado por integrantes dos coletivos de arte. Mas, gostoso mesmo é caminhar e se perder em Valparaíso. Sem adotar clichê, a cidade realmente é daquelas que vale a pena se meter pelas passagens, escadarias e becos suspeitosos.

Processed with VSCO with hb2 preset

Processed with VSCO with hb2 preset

Anúncios

2 comentários sobre “Valparaíso: porto de grafites parte 1

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s