Lima é sim la capital que nos gustó

⦾≈ Unlike all the long walks we’ve been taking so far, a city capital hardly ever blows our socks off – no pun intended. We don’t know, at the end of the day they are all the same everywhere you go and you need a lot of money in order to get your way through. Besides, we’re looking for new experiences, landscapes we’ve never seen and places that are not packed with tourist. But Lima felt different. We like it here. It’s pleasantly hectic. Perhaps blame it on the sea. We’ve visited two museums not to be missed: the Museo de Arqueología, Antropología y Historia del Peru and the Museo Larco. We walked on the streets of the young and hip Barranco, in the crowded Chinese district and in the Historical Center / Old Town. But, for most of our days, we’ve been staying in the very touristic Miraflores district, where we are hosted via Couchsurfing by the sweetest couple Fernando and Miguel.


Pois é, a gente sempre passa rápido pelas capitais e quase nunca essas cidades nos chamam muita atenção, mas com Lima foi diferente. Eduardo diz que sentimos essa sensação agradável aqui porque estamos em um bairro mais “bem localizado”, supostamente em casa de amigos, com o mar (se bem que a cidade é cinza sempre), gastronomia diversa e tal. Pode ser que seja isso.

Bom, chegamos aqui e fomos direto à Miraflores para a casa de Fernando e Miguelito, um casal extremamente atenciosos e amável que nos recebeu via Couchsurfing. São demais! Nos ensinam tudo sobre a cidade, cozinham rico, compram bebidas e chamam amigos para que façamos amizades. Além desse amor todo, eles têm ainda dois gatos lindos e uma cachorrinha fofura ♡.

Como estamos em Miraflores, o famoso bairro das turistas, o que temos feito é caminhar muito por aqui; pela orla que é bem bonita, pelas ruas de casarões holandeses e alemães que restam nesse lugar cheio de altos edifícios e pelo Parque Kennedy/Parque de los Gatos, para ver um montão de gatos lindos e saudáveis cuidados por ONGs e pela prefeitura.

Aproveitamos também para buscar cultura, então optamos por visitar o Museo de Arqueología, Antropología y Historia del Peru completo e importante e o Museo Larco, com peças raras, maravilhoso e o mais caro que já pagamos na vida (R$ 15 a meia).  Decidimos não gastar tempo e dinheiro com isso e então selecionamos os dois mais importantes em história e peças pré-hispânica. Não queremos muito saber do período ‘espanhóis para frente’. 

Processed with VSCOcam with hb2 preset

Também passamos um dia pelo Bairro Chino Centro Histórico. É tão interessante ver a cultura chinesa infiltrada aqui como é a japonesa no Brasil. Não são só chineses donos de comércios. Já estão aqui desde o outro século, aqui se fizeram mestiços e possuem uma gastronomia única, chino-peruana (chifa)É lindo ver também um Centro Histórico conservado e com uma diferença na arquitetura colonial, onde as sacadas eram fechadas e com janelas e não abertas como sempre vimos.

Também fomos passar um dia no bairro cool da cidade, Barranco. É aquele lugar cheio de grafittis, cafés, livrarias, feiras orgânicas, jovens, bares e discotecas (fomos ao Victoria).  É um bairro bem romântico, na verdade, onde por suposição viveríamos felizes, não fosse pelo único e repetitivo fato de continuar sendo um bairro dentro de uma entediante capital, como todas passam a ser ao longo do tempo.

Enfim, foi em Barranco que marcamos de conhecer o casal Diego e Eduardo, nossas versões peruanas. Começamos a falar com eles uns 15 dias antes, quando ainda estávamos em Huaraz, pelo Grindr. Bom, e além das coincidências entres os nomes e tipos físicos, acabamos por descobrir até mesmo hábitos, profissões e gostos comum.

Eles estão juntos há 12 anos e hoje vivem aquilo que eu e Edu estamos tratando de compreender, uma relação não monogâmica. Diego (morenito) é psicólogo e Eduardo (loirito) publicitário. Mas, o mais legal é que juntos eles têm a Botica Natural. Uma marca linda de leites, iogurtes e manteigas vegetais e de tombar no chão de tão delícia, assim como a nossa estadia em Lima.

Anúncios

6 comentários sobre “Lima é sim la capital que nos gustó

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s